Índice

Campanha de Mobilização entre Massagistas e Terapeutas

A massagem e uma forma terapêutica milenar, que através do toque que busca o conhecimento do corpo humano, dos sinais vitais registrados neste ser humano e o equilíbrio da energia da vida, bem como, do melhor funcionamento individuo.

Existem em nosso país cerca de 40 mil profissional exercendo esta profissão, sem que ate hoje haja uma regulamentação adequada de como exerce-la.

Isto porque desde 1945(decreto lei nº8345 de 10/12/45), foi a nossa profissão reconhecida pelo presidente da Republica, usando atribuição constitucional da época. Este decreto-lei foi aperfeiçoado na forma de lei federal sancionada pelo presidente da republica, após aprovação do congresso federal sob o nº.3968 em 05/10/1961.

Esta lei dava direto a constituição de um Conselho federal de Massoterapeuta, que nunca foi criado, ate porque nossos antecessores na profissão não estavam devidamente organizados para tanto.

Desde os anos 80 que algumas associações e escolas de massagem procuram unir forcas e lutar para formação de tal Conselho que terá poder de regulamentar a formação e a utilização profissional do instrumento de massagem na manutenção da saúde e também na recuperação das desorganizações energéticas e orgânicas dos seres humanos em nosso país.

Mais recentemente, nos anos 90, nos massagistas a massoterapeutas estamos nos unindo com outros profissionais da área da saúde natural ( Acupunturistas, Terapeutas florais...) para obter mais forcas através do dialogo e da luta conjunta desejando ver em nosso país, que a recomendação feita em 1975 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de todas as formas terapêuticas, dignas de termo, fossem utilizadas principalmente pelos países em desenvolvimento.

Diante disto a AMOR uniu forcas com a CONAT, Confederação Nacional de Acupuntura e Terapias Afins com a ANTN, Associação Nacional dos Terapeutas Naturistas, com a ABREFLOR - Associação Brasileira de Essências Florais, com a ANAMO - Associação Nacional de Acupuntura e Moxabustão, com a ABTK - Associação Brasileira de Tchi Kun, com a ACANTEN/SINDMASSO e outras para a formação do SINATEN(sindicato nacional dos terapeutas naturistas)que tem como objetivo lutar pela regulamentação das profissões de Massoterapeuta, Acupunturistas, Terapeutas Naturistas e para realizações de eventos como: VII Congresso Nacional de Terapias Naturais que aconteceu junto ao II Congresso Brasileiro de Massoterapia, realizado em setembro de 1996 e o VIII Congresso Nacional de Terapias Naturais (Novembro de 1997).

Gostaríamos também de lembrar aqui, que em duas ocasiões de 1996, o Excelentissimo Ministro do Trabalho - Sr. Paulo Paiva recebeu em suas mãos cartas (de São Paulo e de Joinville) resultantes do Congresso de Massoterapia que reivindicavam a criação do Conselho Federal de Massoterapia.

Queremos também agradecer o apoio do nobre Deputado Estadual Dr. Valter Feldman (líder do governo na Assembléia Legislativa) e do Vereador do Município de São Paulo Sr. Antonio Salim Curiati Jr. Que tanto tem contribuído em nossas campanhas de regulamentação.

Através do Vereador Curiati, obtivemos um código novo de cadastro de contribuinte no Município de São Paulo, nº 8737, exclusivo para Massoterapeutas e Acupunturistas.

Todos que usavam código anterior podem e devam requerer a transferência, bem como os novos registros já devem utilizar o código.

Para podermos manter esta luta e necessário que você Massoterapeuta ou Massagista entre em contato com o SINATEN e com as Associações de Massoterapia e Massagem, regionais ou nacionais, se cadastre e se una a nos nesta campanha de engrandecimento e regulamentação de nossa profissão.

Fonte:


Índice

Fale Conosco! Por favor, preencha todos os campos.
 
 

SINATEN - Sindicato Nacional dos Terapeutas Naturistas

Rua Dr. Neto de Araújo, 397A - Cj.1A - Vila Mariana - CEP 04111-001 - São Paulo - SP - Fone/Fax: (11) 5575 5431
E-mail: sinaten@sinaten.com.br


Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/sinatenadm/public_html/paginas/artigos/ler_artigo.php on line 124